Sete Entardecer-Sovaco de Cobra Trio & Centro Contemporâneo Berê Fuhro Souto

Suvaco de Cobra:

O Sovaco de Cobra Trio instrumental, fez sua apresentação ontem no Sete Entardecer (08/08) novamente com muito talento e encanto, em uma energia toda peculiar destes inspirados músicos: Gil Soares(flauta), Silvério Barcellos(violão sete cordas),Jucá de Leon(pandeiro) e com uma especial participação de Paulinho Martins (Bandolim).

O grupo está completando dez anos de existência, sempre marcando presença em diversas apresentações em nossa cidade e em outras cidades.

Ontem foram apresentados inúmeros temas da música brasileira e canções de destaque do cavaquinista pelotense Avendano Junior o qual o grupo tem um trabalho (Sovaco de Cobra Visita Avendano Junior) um belíssimo trabalho.

Um salve para estes músicos.

Logo abaixo fotos do que rolou na apresentação:

Centro Contemporâneo Berê Fuhro Souto

(Tempos Brancos: Uma Poética sobre a Memória)

“O som do nosso próprio nome é a memória mais antiga que temos, associada a experiências afetivas da infância”. A maneira como o ar e a ausência dele alternam-se traz em ondas o nome: Clara. Tal como as ondas, surge também as histórias de Clara, desde a estadia no útero até a afinidade com o mar, onde a água é o fio condutor, linha tênue entre vida e morte. A guria e o seu olhar nos conduzem a um mergulho profundo em sua memória, trazendo à superfície os sentimentos que ela move. Esta superfície é a cena: claramente uma convergência de memórias entre a mente clara e o que clara mente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.