O Fio da Poesia | Charles Bukowski |Poema de amor para uma Stripper

Poema de amor para uma Stripper
50 anos atras eu observava as garotas
Rebolando e fazendo strip-tease
No Burbank e no Follies
E era muito triste
E muito dramático
E a luz mudava de verde para
Roxo para rosa
E a musica era alta e
Vibrante,
Agora sento aqui estra noite
Fumando e bebendo
Ouvindo musica
Clássica
Mas ainda me lembro de alguns de
Seus nomes: Darlene, Candy, Jeanette
e Rosalie.
Rosalie era a
Melhor, sabia como fazer.
E nps girávamos em nossos assentos e
Faziamos barulhos
E Rosalie dava magia
Para os solitários
Tanto tempo atras.
Agora Roalie,
Ou tão absolutamente velha ou
Tão tranquila embaixo da
Terra,
Este é o garoto
Com o rosto cheio de espinhas
Que mentiu sobre sua
Idade
Apenas para ver
você
Você era boa, Rosalie,
Em 1935,
Boa o bastante para lembrar
Agora
Quando a luz é
Amarela
E as noites são
Lentas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *