Navalhadas Curtas: Um short, o ignorante e uma cerveja

Navalhadas Curtas: Um short, o ignorante e uma cerveja.
Saindo do trabalho depois da missão cumprida.
Me sinto tranquilo, tenho um pouco de preguiça e claro vontade de ir pra casa descansar.
Eu sei que dentro de cada ser humano se esconde vários humanos e alguns não muito humanos. As vezes eles saem a luz do dia.
Então duas belas moças passam por mim a pé, caminham tranquilamente. Bonitas com shorts curtos e muito justos. Entendo como normal. Use o que você quiser e sinta-se feliz.
Um senhor de bom aspecto por volta dos seus 75 anos, vinha na direção contrária delas. Elas passam e vira para trás para analisar as bundas aí chega próximo a mim, parando no meio do caminho bem na minha frente. Visivelmente queria dizer algo e disse: Tu viu aquelas bundas ali? Depois elas ficam ai reclamando né? Que o pessoal agarrou, que o os “home” passaram a mão!
Fez este breve comentário com um tom de sorriso irônico procurando empatia uma tara eminente e enclausurada.
Não sorri, fiquei olhando para ele então disse: Senhor ta precisando se atualizar viu, as coisas mudaram meu amigo. São outros tempos. Elas são jovens, bonitas e estão de short apenas isso.
Dentro de mim eu sabia que estava perdendo meu tempo. Mas…
Então ele imediatamente fechou o semblante e disse: tá, tá, tá…já vi que tu és daqueles que defendem diretos das “mulhé”! Esse mundo não tem mais jeito, um par de bunda…e tu é um banana.
Entendi que a conversa iria piorar, então lembrei que tinha uma cerveja muito gelada em casa. Isso faria toda a diferença pra mim ao menos.
Olhei para o senhor e falei: o senhor vai me desculpar tenho um compromisso muito importante de natureza inadiável.
O homem retrucou: é vai lá…vai seu…seu.
Fio da Navalha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *