Navalhadas Curtas: Me empresta um pouco de Empatia aí?

Por vezes olhamos o ser humano e não sabemos exatamente o que é e o que o move: se é a ignorância, maldade, falta de educação ou a completa ausência de sensibilidade em relação ao próximo.
Não é à toa que tio Fabio sempre diz: de mil se salva um meu sobrinho!
Antes eu ria agora apenas meneio a cabeça.
Minha mãe tem sérios problemas de saúde que lhe dificulta o movimento. Tudo bem isso de certa forma faz parte da vida e ninguém está totalmente imune.
Estou levando-a para carro nesta linda manhã e estacionado ao meu lado, um carro de luxo 2021 branco como a neve lindo realmente.
Uma senhora estava retirando objetos de dentro dele. Eu espero ela tirar todos os objetos e fechar a porta para que siga minha rotina.
Vou até minha condução e seguro a porta(como sempre) para que a mesma não encoste na luxuosa carruagem.
Neste meio tempo a senhora para sua atividade no meio do caminho, e tem agora o semblante com um ar profundo de dona senhora da razão, do destino e da dor. Ela fica nos observando a mim a minha mãe.
Entendi na hora a situação.
Permaneci ali de guarda para evitar qualquer dano. Minha mãe se movimenta devagar. Então a senhora com ar de fúria veio para mais perto ajeitando os óculos.
Segui me fazendo de tonto.
Por fim a mãe termina de entrar no veículo.
A senhora agora vem para bem perto conferir a porta do carro, inclusive passando a mão ajeitando os os óculos para conferir como um microscópio.
Agora eu que fico olhando para ela. Então ela afasta-se um pouco e então retorna para conferir pela quarta vez se a porta não foi amassada ou algo assim!
Então saio do meu carro e vou em direção a ela já falando: Não se preocupe senhora a porta do meu carro estava mais de um palmo do seu. Então tá tudo bem, relaxe!?
Ela sorri amarelo com o vermelho do rosto e eu fico parado olhando para ela até que vá se afastando lentamente tome o elevador para enfim relaxar.
Respiro profundamente a semana está só começando.
ps: juro que não vou dizer que carro é…
Fio da Navalha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *