Espelho

Chove na Princesa
Fazendo possas e coágulos no tempo
Chove Pelotas lentamente
Ruas
Destino
E água
Pingos que translucidam-se em estrelas
E as ruas virando espelhos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.