Autor: Luis Fabiano

Marlene

Como uma madrugada enfeitada de ânimos Estrelas de sua esperança Ela sorri leve para vida E suas tristezas escoam por debaixo da porta Deslizando para os ralos... Se sente bem...

Solange

Solange Solange confunde-se com o sol... Sol de Solange Deitando carinho Respirando arte Quando a vi pela primeira vez, seus olhos brilhavam muito... Chamas, chamando encantos Solange magra Solange sorrindo...