Todas Mulheres em Mim Poesia-Fernanda

Dentro do Projeto Todas as Mulheres em Mim, vamos expondo uma sequência de poemas de convites que fizemos aos amigos do Fio da Navalha.

Estes poemas vão nos acompanhar dentro do projeto que está em aberto ainda e teremos muitas outras participações especiais, aguardem por mais.
Hoje trazemos a poesia: Fernanda.


 

Fernanda

Ela senta diante dos livros

Gosta das letras…

Sabe que é inteligente

Por vezes provoca

Como uma lamina fina

Transforma tudo em desafio

Tudo…tudo…tudo…

 

Fernanda sólida

Fernanda uma estátua

Fernanda ataca

 

Sua beleza repousa em seus silêncios

Nos olhos desejosos da verdade

Ela é uma catapulta

De pensamentos em brasa

Mas um coração sedento

Fernanda resolve tudo em si…

Mas sua ponte não está estendida

A tempos…

 

O carinho enfraqueceu

E sua canção respira ânsia

Fernanda… deite-se um pouco

Descanse as lanças e os arpões

E seja a pura neblina

Contornando as flores e os amores

Rocha da intimidade

Resquícios de teu orvalho

Afagos destes tempos…

Fernanda?

Fio da Navalha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *